Buscador

Pesquisa personalizada

Vídeo não pode ser exibido.

12 janeiro 2010

sábado, 26 de setembro de 2009








                                                                         
PREPARAÇÃO DE ERVAS

Existem varias maneiras ,vamos a elas:

1- DECOCÇÃO:Colocar as ervas em um recipente e colocar agua fria sob a mesma, cozinhar por cerca de
5 a 30 minutos .Flores e folhas (5 a 10 min) Raizes e cascas(15 a 30 min) Tirar o recipiente do fogo e manter tapada por alguns minutos e então coar

2- INFUSÃO:Despejar agua fevente sobre as ervas , tampar bem e deixar repousar por uns 10 minutos.

3-MACERAÇÂO P/ CHÁS:Colocar as ervas de molho em agua fria entre 10 a 24 horas e então coar. Neste meto-
do temos a vantagem de que os sais minerais e vitaminas serão bem aproveitados.

4-TÍSANA :Põe-se agua a ferver,e quando estiver fervendo acrescentam-se as ervas. Tapa-se de novo, deixar ferver por mais 05 minutos e tira-se do fogo,deixando de repouso bem tapado por alguns minuto, coa-se e pronta esta a tísana.

5-TINTURA VINOSA: Vinho branco com graduação alcoolica baixa ( 11 a 12 graus). A proporção é de 5 % de erva para o vinho ( 5 gs de erva seca ou 10 gs de erva fresca para cada 100 ml de vinhos). Macerar em vidro escuro a droga por uma semana.Coar e manter em lugar fresco,


6-ÓLEO MEDICINAL: Preparação na qual o P.A. é dissolvido em óleo comum ou azeite. Colocar a planta fresca ou seca triturada em maceração, na proporção de 1 parte da planta para 5 de óleo, ou seja 20 % mantendo em banho maria durante 1 a 3 horas em fogo baixo (a água não deve ferver). Esfriar, coar e espremer o resíduo. Usado para massagens, cataplasmas, máscaras e cremes de beleza.


7-TINTURA:  Para 100 ml de tintura colocar 10 gs de erva seca( ou 20 gs fresca) e triturar no liquidificador com 80 ml de álcool, cuja graduação deve variar de 50 a 80 graus, Transferir para vidro escuro e deixar em repouso por 5 dias, agitando de vez em quando. Coar e ir acondicionando mais álcool até completar 100 ml. Proporção de erva no álcool é de 20%, duração de 1 ano.



8-MACERAÇÃO (EXTRAÇÃO):  Feita em temperatura ambiente, colocar a planta finamente dividida em contato com líquido extrator (álcool de 40 a 80 graus) em recipiente de aço inoxidável por período de até 4 semanas. Após esse período o macerado deve ser prensado e filtrado.Usado para folhas frescas ou secas, fruto seco ou raízes frescas. Mesmas doses da tintura.Este processo preserva melhor as vitaminas e sais minerais.


9-CATAPLASMAS: Aplicação de ervas sobre parte externa do corpo machucada, inchada ou dolorida. Pode ser feita:

-Ervas frescas: Aplicadas diretamente na área afetada do corpo, sem preparação prévia.
-Ervas secas: Colocadas no interior de um saquinho e aplicadas frias ou quentes, de acordo com o caso. Estas cataplasmas são recomendados para combater cãimbras, nevralgias, dores de ouvidos,etc.
-Forma de pasta: ervas socadas até formarem uma papa, que deve ser aplicada diretamente ou entre dois panos, no local afetado. Quando não se tem erva fresca, usa-se a seca. Aí é preciso água fervendo sobre as ervas, para auxiliar formação da papa.


10-COMPRESSAS: Cozinhar ervas indicadas até se obter líquido bem forte (3 ou 4 vezes mais que o chá). A seguir mergulha-se pano no líquido, que é torcido e aplicado na parte dolorida ou afetada.



11-INALAÇÕES: Vapor de certas ervas, para casos de distúrbios ou doenças do aparelho respiratório. Preparar as ervas como um chá em tisana ou infusão.Não perder o vapor. Tampar o recipiente enquanto estiver no fogo. Espere esfriar um pouco, com um funil de papel inala-se vapor profundamente.


12-UNGUENTOS: Pomadas de ervas trituradas em gordura vegetal. No momento do uso é só derreter em fogo brando.


13-BANHOS: Chás fortes para serem misturados à água da banheira.









CUIDADO!!!
10g ervas secas são diferentes de 10 g de ervas frescas!!!

Ervas frescas, por apresentarem maior quantidade de água, têm menor quantidade de ativos e maior concentração de compostos tóxicos se comparadas às ervas secas.

Assim, é preferível a utilização de ervas secas por oferecerem menor risco de intoxicação e maior eficácia farmacológica, com uma dose reduzida.

2 comentários:

*MARCIA E CARLOS* E LINDAS MENSAGENS disse...

amei seu blog tem tudo que procurava parabens ja me tornei sua seguidora!bjos

*MARCIA E CARLOS* E LINDAS MENSAGENS disse...

http://1.bp.blogspot.com/_I9aVa_l11FI/TD35L6y6VxI/AAAAAAAACAM/azlza9XS2-E/s320/FRETYUIO.JPG
seu kantinho cada dia mais fofo esta lindooooooooooo!!

Nome
E-mail
Mensagem
Anexo



http://www.linkws.com